Código de conduta

As instituições holandesas oferecem aos estudantes internacionais em um Código de Conduta uma garantia da qualidade de seus programas, recrutamento, seleção e procedimentos de aconselhamento de estudantes.

O código estabelece normas para as instituições de ensino superior nas suas relações com os estudantes internacionais. Apenas as instituições que assinaram o código são autorizadas a recrutar estudantes internacionais.

O que o código significa?

Ao assinar o Código de Conduta, as instituições comprometem-se a fornecer informações confiáveis e de fácil acesso aos estudantes internacionais sobre seus programas de estudo.  Especificamente, isso inclui informações como o status de credenciamento de qualidade e requisitos de admissão, bem como várias regras e os procedimentos mais importantes para os estudantes internacionais.

Além disso, as informações fornecidas com base no Código de Conduta devem ser em inglês, na linguagem usada para o programa de estudo, ou no idioma nativo do estudante internacional.

 Clareza sobre os serviços

A instituição de ensino também deve deixar claro quais serviços são prestados aos estudantes internacionais, tais como auxílio na obtenção de um visto e uma autorização de residência, moradia, sessões de introdução e de aconselhamento para os alunos.  Nos materiais de informação, deverá estar especificado claramente quais são os custos associados aos serviços.

Os estudantes que não pertencerem à UE que estiverem em busca de um curso em uma instituição de ensino superior que não assinou o Código de Conduta, não serão capazes de obter vistos.

Mais informações

A versão integral do Código de Conduta pode ser encontrada em www.internationalstudy.nl. Este site também fornece uma lista das instituições que assinaram o código e informações sobre o que fazer se achar que a sua instituição não está cumprindo os termos do Código de Conduta.

Faça o download de um folheto informativo resumido sobre o Código de Conduta (1.3 MB) (versão em inglês).

O Código de Conduta é uma iniciativa das instituições holandesas.  Entrou em vigor em 1 de maio de 2006.

última modificação 2016-09-01 14:49