Transformei o projeto que desenvolvi durante os estudos na Holanda em uma startup

Isabela Bonfim, aluna da UNB, conta sobre sua experiência na Holanda e de quanto o aprendizado no país a ajudou a empreender

Eu sou Isabela e estudei na Hogeschool van Amsterdam, pelo programa Ciência sem Fronteiras em 2013. Nesse período, durante o curso de Trendwatching, comecei a desenvolver uma plataforma digital de turismo. Quando voltei para a UNB, minha universidade no Brasil, junto com outros amigos (um deles também ex- aluno da HvA), concluímos o projeto e transformamos a ideia em uma startup. Assim nasceu a InLoco: uma rede virtual que conecta turistas a moradores locais.

De lá para cá já tivemos muitos convites legais. Fomos premiados na 5ª Feira de Negócios e Inovação da Universidade de Brasília, fomos convidados para a Feira Internacional de Turismo da ABAV em São Paulo e mais recentemente fomos escolhidos entre mais de 20 mil propostas de todo o mundo para participar do Web Summit, a maior conferência de tecnologia da Europa. Esse evento acontece em Dublin em Novembro. Esse mês, participamos do Congresso Acadêmico da Universidade Paulista - UNIP e fizemos uma palestra para mais de 800 pessoas apresentando a nossa plataforma e explicando como o nosso curso de Trendwatching na Hogeschool van Amsterdam nos ajudou a desenvolver todo o nosso projeto. A nossa plataforma é totalmente colaborativa e gratuita.

Como somos estudantes, precisamos de muito apoio para conseguir participar do Web Summit na Irlanda, por isso abrimos uma campanha de financiamento coletivo no site Catarse e também estamos à procura de patrocínio, veja: www.catarse.me/inloconairlanda

Isabela Bonfim 

Curso: Minor Trendwatching e International Journalism

Universidade holandesa: Hogeschool van Amsterdam

Universidade no Brasil: UNB - Universidade de Brasilia

última modificação 2014-09-19 20:23