Vida na Holanda - Ducs Amsterdam

De forma sincera e objetiva, Daniel Duclos, autor do blog Ducs Amsterdam e do Guia Ducs Amsterdam, respondeu os questionamentos mais frequentes feitos pelo brasileiros que pensam em estudar no país das bicicletas.

* Entrevista feita em dezembro de 2011

Em 2007 Daniel Duclos (http://www.ducsamsterdam.net/) e sua esposa Carla Duclos (http://www.entrepanelas.net/) chegaram à Holanda cheios de esperanças e um longo caminho pela frente. Quatro anos depois, Daniel divide conosco muito do que aprendeu, na prática e, algumas vezes, na marra, sobre o país.Ducs

É realmente possível viver na Holanda falando apenas inglês? É importante aprender holandês?

Sim é possível viver na Holanda apenas em inglês e sim, é importante aprender holandês. Ok, é assim: realmente uma boa porção dos holandeses, especialmente nas principais cidades e entre jovens, fala inglês como segunda língua, e freqüentemente mais outras línguas ainda.
Mas, veja, eles falam como segunda língua. O país está e funciona em holandês. Se você está vindo passar uns poucos dias, ou poucos meses, saber algumas palavras de cortesia em holandês ajuda, mas não é essencial.
Agora, se você está vindo morar... quanto mais holandês você souber, melhor sua vida será. Primeiro, é uma questão de educação aprender a língua do país em que você mora.Depois, o país vive em holandês, e e é uma pena você desperdiçar a oportunidade de aprender uma nova cultura e ficar morando aqui como turista. Sua vida fica pior. Superficial.

Os artigos de supermercado estão em holandês (cuidado pra não lavar sua roupa por meses com amaciante achando que é sabão em pó), a maioria dos cartazes e avisos está em holandês, as notícias locais, do dia-a-dia, estão em holandês, muitas correspondências do governo estão em holandês, eles tiram sarro da sua cara em holandês...E muitas vezes você vai ter de lidar com holandeses que não sabem falar inglês. Sim, eles existem e não são tão poucos assim (se você for pensar, é até um privilégio ter tantos que se dispõem a falar outra língua com você, sendo que eles estão no país deles).
Então depende da relação que você quer estabelecer com o país. Se sua visita é de curto prazo, aprender uma língua inteira pode ser desnecessário. Se você está vindo passar um tempo longo, se está vindo morar, eu recomendo aprender holandês o quanto antes.

 Leituras recomendadas: 

1. 5 coisas que teria sido bom saber antes de eu mudar pra Holanda http://www.ducsamsterdam.net/5-coisas-que-teria-sido-bom-saber-antes-de-eu-mudar-pra-holanda/

2. Aprendendo holandês: http://www.ducsamsterdam.net/aprendendo-holandes/

Diferenças comportamentais entre holandeses e brasileiros. Algum choque cultural? Que tipo de comportamento é importante evitar?

Nossa, isso em si daria um livro. Choque cultural é inevitável. É doloroso; vai muito além dos "micos" que a gente lê e dá risada, sabe, aqueles que você paga porque as coisas são diferentes aqui.

Choque cultural é você ter uma visão de mundo (a cultura é um tipo de visão de mundo) que não funciona mais no novo lugar. Ela está obsoleta. E você tem de expandir a sua, reformar sua maneira de pensar e, cara, isso nunca é simples. Vai doer, mas é necessário e é uma coisa boa. É o que as pessoas querem dizer com "morar fora abre sua mente". Abre, mas a machadadas. O resultado final é bom — um mundo maior na sua mente —, mas o processo é ás vezes bem sofrido.

Dito isso, citarei algumas coisas específicas. E não só do nosso comportamento, mas do deles, que entram em choque. Holandeses por exemplo, não vêem nenhum problema em entrar na sua casa... mesmo que você nào esteja lá. "Não tem problema, eu tenho a chave do seu apartamento".

E eles entram sem nenhum problema. Eu já acordei e encontrei dois holandeses que nunca vi na vida na minha sala instalando alarme de incêndio (regulamentação do prédio, eu sabia que tinha de instalar naquele dia, eu só não esperava... tipo, eu tava esperando abrir a porta pra eles em um horário conveniente pra mim).

E eles não vêem nada de errado com isso. Tentar explicar que você se importa com esse tipo de coisa é como explicar prum brasileiro que 8:05 é atraso quando você marcou as 8:00: ele até pode te dar razão, mas não entende porque você tá fazendo tanto escândalo por isso. São só 5 minutinhos (e se eu tenho a chave e preciso instalar o alarme, qual o problema?)

* Eu não recomendo chegar atrasado (5 minutos *e'* atraso), mas também não recomendo chegar antes (faz parecer que a pessoa que chegou na hora está atrasada ou a pega quando ainda não está pronta). Esse comportamento é mais relaxado em Amsterdam do que no resto da Holanda.

* Holandeses são diretos e francos. Seja você também. Eles apreciam.

* Aproveite um dia de sol! Os holandeses todos saem pro ar livre quando está sol. Sol é um luxo que você passa a apreciar sempre que pode.

* Holandeses apertam a mão, se apertarem, quando são apresentados. Depois é "oi"

* Recomendo fortemente arrumar uma bike. ë parte do modo de vida holandÊs e uma das grandes vantagens de morar aqui

 Vou parar por aqui, senão acabo escrevendo aquele livro que citei no começo :)

Leituras recomendadas: 

1. Aprendendo a reclamar (morando no exterior) http://www.ducsamsterdam.net/aprendendo-a-reclamar/

2. 15 coisas típicas holandesas nas ruas de Amsterdam: http://www.ducsamsterdam.net/foto-do-dia-um-momento-tipico-holandes-nas-ruas-de-amsterdam/

Custo de vida, moradia, lazer e alimentação. O que pesa mais no bolso? Alguma dica para economizar nesses itens?

Essa pergunta é complicada porque cada pessoa tem uma realidade. Eu sou um tiozinho casado de quase quarenta anos com uma bebê - meus gastos e meu custod e vida certamente será dfierente de um estudante com 20 anos solteiro. Além disso, outros fatores influenciam: vai morar perto ou longe do serviço/faculdade? Vai morar em Amsterdam ou Groningen? Tudo isso varia muito.

Respondendo da minha realidade: certamente moradia pesa mais, aluguéis em Amsterdam especialmente, são muito altos. Lazer é relativamente barato; dá pra fazer uma carteirinha de museus, há parques o suficiente, e muita opção barata de lazer.

Dicas:

* Consiga um cartão de desconto do Albert Heijn. É de graça, só pedir no balcão de atendimento. Ainda no AH, se tiver curto de grana, procure produtos da Euroshopper, são os mais baratos.

* Se tiver perto da sua casa, explore outros supermercados, como Lidl, C1000, Super de Boer e compare os preços

* Compre verdures a frutas em quitandas. São mais baratos e de mais qualdiade do que no supermercado. Se houver feira perto da sua casa, tanto melhor

* Se você viaja muito de trem, compre um cartão de desconto da NS (Cia de trens). O investmento se paga rapidinho

* Compre a Museumkaart, a carteirinha dos museus. Um monte de museu tem entrada gratuita pra quem tem a carteirinha (incluindo o Van Gogh!) 

Leituras recomendadas:

1. 5 maneiras de economizar na Holanda: http://www.ducsamsterdam.net/5-maneiras-economizar-holanda/

2. Custo de vida em Amsterdam: http://www.ducsamsterdam.net/custo-de-vida-em-amsterdam/

Roubadas: Em que tipo situações é preciso redobrar a atenção? Já precisou lidar com algum tipo de problema nesse sentido?

A Holanda é um país relativamente seguro, mas por favor, não caia naquela balela fantasiosa de que "na Europa não tem roubo" ou "todo mundo é honesto na Europa" ou qualquer desses clichês absurdo de complexo de inferioridade brasileiro. Pessoas são pessoas, e em uma população você vai achar de tudo, dos mais honestos aos mais psicopatas.

Não precisa ficar paranóico com segurança, mas não largue o laptop em cima da mesa na biblioteca porque todo mundo faz e "afinal aqui é Europa" que já vi gente chorando amargamente por fazer isso.

Agora, mais específicos: em Amsterdam, tome muito cuidado com os "landlords", senhorios, a pessoa que te aluga o apartamento. É comum haver picaretagem nessa área, pois a especulação imobiliária de Amsterdam é feroz. Há aluguéis que são na verdade sublocação (ilegal), há alugueis de pessoas que tem hipoteca no banco (ilegal), há senhorios que alugam com as contas inclusas no aluguel e eles não pagam as contas, há anúncios de aprtamentos maravilhosos e baratos que, bem, são apenas isso: anúncios.

Em Amsterdam eu não ficaria dando rolê a noite desacampanhado na região da Bijlmer (exceto no Arena Boulevard, cinema, essa parte perto da estação é OK). Atraás da Centraal também é melhor deixar pra lá se for tarde da noite.

E Haia, a região da Den Haag Holand Spoor de noite também não é muito santa.

Não se meta em jogo de Ajax vs Feyenoord, que a treta deles é antiga, rancorosa e profunda, e você estará pondo a mão onde não deve. Não ande com camisa do Ajax em Rotterdam e não ande com camisa do Feyenoord em Amsterdam.

Nos centros turísticos, furtos são sempre comuns. 

Leitura recomendada: 

1. 5 mitos sobre o primeiro mundo - http://www.ducsamsterdam.net/mitos-sobre-o-primeiro-mundo/ 

Preparação: O que é fundamental saber antes de embarcar para Holanda? Alguma dica de filme ou livro que ajude a saber mais sobre o país?

Recomendo dois livros, os dois obviamente em inglês:

Uma dupla de autores (um americano, outro britânico) resolveu esculhambar... hum... "descrever sarcasticamente" os holandeses em todos os seus aspectos. Eles pegaram a motoserra, olharam pra cultura holandesa, ligaram o motor e sentaram o horror.
E é muito engraçado.
Ok, o livro tem seus defeitos: é desnecessariamente cruel em algumas partes, e as generalizações necessárias pra fazer um livro desse tipo às vezes são por demais grosseiras. Lembre-se que, entre a piada e a precisão e nuance, os autores escolhem sempre a piada. Eles caricaturam os holandeses fortemente.
Mesmo assim, muito do que você vai encontrar é verdade verdadeira, e ajuda ter um senso de humor a respeito. Ajuda a amenizar o choque, por assim dizer.
Outro livro legal que vai ser uma tremenda mão na roda não é bem um livro: é um Dicionário de Holandesice. Papo sério, o título dele é A Dictionary of Dutchness.
Um monte de siglas (e mistérios) extremamente importantes pra sua vida aqui serão esclarecidos nesse dicionáriozinho (é curto, mas bem completo). Perdi a conta de quantos "aaaaahmn, então é isso!" eu soltei lendo o danado.

— The Undutchables: http://www.amazon.com/gp/product/1888580445/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&tag=ducsemamst-20&linkCode=as2&camp=217145&creative=399369&creativeASIN=1888580445
— A Dictionary of Dutchness: http://www.abc.nl/search/detailed.php?isbn=9789081232722&valuta=g

Leituras recomendadas:

1. 5 coisas que teria sido bom saber antes de eu mudar pra Holanda http://www.ducsamsterdam.net/5-coisas-que-teria-sido-bom-saber-antes-de-eu-mudar-pra-holanda/

2. Livros e guias pra Amsterdam: http://www.ducsamsterdam.net/literatura-de-viagem-livros-e-guias-para-amsterdam/

última modificação 2013-07-31 13:53